Festas do Senhor de Matosinhos 2013

Em 2013, as Festas do Senhor de Matosinhos, festas do concelho de Matosinhos, no distrito do Porto, decorrem entre 10 de maio e 2 de junho. O espetáculo de fogo-de-artifício acontece na noite do dia 18 de maio.

Feriado Municipal em Matosinhos

Em 2013 o feriado municipal de Matosinhos é celebrado a 21 de maio. O feriado municipal de Matosinhos celebra-se sempre a uma terça-feira, 51 dias após a Páscoa.

As festas acontecem 51 dias após a Páscoa, no final do mês de maio e início de junho, prolongando-se por três semanas de festividades religiosas e atividades lúdicas, culturais e desportivas. A Igreja do Bom Jesus de Matosinhos é um dos locais centrais da festa. Os altares da igreja são decorados com flores e as ruas da cidade são iluminadas com luzes artísticas. Divertimentos, concertos, tasquinhas regionais e barraquinhas são algumas das atrações da festa que recebe a visita de milhares de visitantes. A FAMA (Feira de Artesanato de Matosinhos) é outra das atrações das Festas do Senhor de Matosinhos, estando instalada na Avenida Dom Afonso Henriques, próximo à Câmara Municipal de Matosinhos. A Feira de Artesanato conta com 110 stands e mais de 85 artesãos de todo o país.

Veja aqui todos os feriados municipais de Portugal.

Data do Senhor de Matosinhos 2013

O Feriado Municipal de Matosinhos acontece no dia 21 de maio, terça-feira. As datas das festas do Senhor de Matosinhos são:

  • De 10 maio a 02 de junho

Horário de funcionamento da feira de artesanato do Senhor de Matosinhos

A feira do artesanato começa no sábado, dia 11 de maio, às 15 horas. ainda não foi possível confirmar o horário de funcionamento da feira de artesanato em 2013. Em 2012 o horário foi o seguinte:

  • 16h00 - 22h00 (de segunda a sexta-feira)
  • 15h00 - 24h00 (fins de semana e feriados)

Consulte o programa das festas do Senhor de Matosinhos 2013.

Lenda do Senhor de Matosinhos

Diz a lenda que Nicodemos, personagem descrita na bíblia no evangelho de João, esculpiu uma imagem de Jesus após ter assistido aos últimos momentos da vida de Cristo. Na imagem que Nicodemos esculpiu oca, ele teria escondido os instrumentos da Paixão para evitar que fossem destruidos durante a perseguição aos cristãos. Tendo lançado a imagem ao mar na Judeia, esta terá vindo dar à praia de Matosinhos, onde os habitantes de Bouças a recolheram e lhe ergueram um templo. Anos mais tarde, um braço que faltava à imagem foi reunido à mesma depois de ter sido recolhido, sem querer, como lenha na praia. Segundo a lenda, a filha muda da senhora que descobriu o braço na praia falou pela primeira vez, por milagre, dizendo à mãe que não poderia queimar aquele pedaço de madeira (que teimava em saltar para fora da lareira) por tratar-se do braço do Senhor de Bouças. Já no século XVI o Senhor das Bouças passou a ser conhecido como Senhor de Matosinhos quando foi mudado para uma igreja em Matosinhos construída em sua honra.

Atualizado em 13/05/2013