Tarifa Bi-Horária

A tarifa bi-horária permite ao cliente pagar preços diferentes por kWh de electricidade consumida, tendo em conta a utilização de eletricidade em horas de vazio ou horas fora de vazio. Existe também na EDP, para além da tarifa bi-horária, a opção de uma tarifa tri-horária.

Inicialmente a manutenção das tarifas bi-horárias não estavam asseguradas em 2013, com a chegada do mercado livre. No entanto, Galp e EDP já confirmaram que terão tarifas bi-horárias.

Na tarifa bi-horária as horas de vazio são, resumidamente, as horas do período da noite e os fins-de-semana, alturas em que a utilização electrodomésticos de grandes dimensões (como máquinas de lavar roupa e louça, fornos e aquecimentos elétricos) é mais frequente.

Horários da Tarifa Bi-Horária

Os horários da tarifa bi-horária, isto é, os horários das suas horas de vazio vão das 00:00 horas às 07:00 horas no ciclo semanal, e das 22:00 horas às 08:00 no ciclo diário.

Ciclos da Tarifa Bi-Horária

Ao aderir a uma tarifa bi-horária o utilizador da baixa tensão normal pode escolher entre dois ciclos diferente, o diário, ou o semanal.

Ciclo Diário da Tarifa Bi-Horária

O ciclo diário tem 70 horas de vazio por semana, e favorece as pessoas que têm um uso mais homogéneo da eletricidade ao longo da semana. São sempre 10 horas de vazio por dia. Se o seu uso de eletricidade é bastante idêntico durante a semana e o fim-de-semana, esta é a melhor opção para si.

Ciclo Semanal da Tarifa Bi-Horária

O ciclo semanal da tarifa bi-horária tem 76 horas de vazio e vai beneficiar pessoas que fazem um uso mais intenso da eletricidade durante o fim-de-semana.

No ciclo semanal existem 7 horas de vazio por dia de segunda a sexta, 17 horas de vazio ao sábado, e 24 horas de vazio ao domingo. Se usa mais eletricidade ao fim de semana, esta opção é mais vantajosa.

Fim da Tarifa Bi-Horária?

O fim da tarifa bi-horária foi uma das preocupações de muitos clientes da EDP. Com a chegada do mercado livre eletrcidade e não obrigatoriedade da tarifa bi-horária, esta não esteve incialmente garantida para os consumidores a partir de 2013. EDP e Galp, no entanto, já confirmaram que terão tarifas bi-horárias a partir de 2013.

A DECO estimou que o desaparecimento da tarifa bi-horária provocaria um aumento médio de 8% nas faturas de eletricidade da EDP, para além do aumento de 1,5% já previsto. No entanto, segundo avançou o Público, o Secretário de Estado da Energia esteve a preparar medidas que incentivavam a manutenção e/ou criação de tarifas bi-horárias após a chegada do mercado livre da eletricidade, o que acabou por se concretizar.

A legislação deverá entrar em vigor até Outubro. A ERSE, de resto, já tinha garantido que as tarifas deveriam ser mantidas por pelo menos mais 3 anos, um período de transição.

Atualizado em 26/11/2012