Picada de Abelha: Tratamento

Se sofrer uma picada de abelha deve fazer um tratamento para retirar ou atenuar o veneno injetado na pele.

Tratamento

O tratamento mais rápido consiste em colocar um cubo de gelo diretamente sobre a picada para reduzir a dor na zona afetada. Também pode aplicar cremes que combinem um anti-histamínico, um analgésico e um corticosteróide.

Retirar o ferrão

As abelhas ou vespas podem deixar o ferrão na pele ao picar. Este deverá ser retirado raspando suavemente a superfície cutânea até o fazer sair, mas nunca puxando por ele nem torcendo-o, pois poderá introduzir-se ainda mais veneno no corpo.

Alergia à picada

As pessoas que tenham tido uma grande reação alérgica a uma picada de abelha podem ser submetidas a um processo de dessensibilização, que poderá evitar novas reações no futuro. A dessensibilização é um processo médico no qual o corpo é exposto a pequenas quantidades da substância que lhe provoca uma reação alérgica (alergénio) até que a referida reação desapareça.

Só após a primeira picada se pode descobrir se alguém é ou não alérgico à picada.

Morte por picada de abelha

No entanto, uma picada pode provocar a morte em virtude de uma reação anafilática em pessoas alérgicas. A morte, embora ocorra muito raramente depois de se sofrer múltiplas picadas de abelhas, costuma ser provocada por um mau funcionamento cardíaco e pelo colapso do sistema circulatório.

Atualizado em 14/05/2013